Instituto participa do projeto de recuperaçao da Mata Ciliar do rio escorrega

Instituto participa do projeto de recuperaçao da Mata Ciliar do rio escorrega

             O projeto denominado Amigos do Meio Ambiente - AMA, já existe a cerca de um ano, e nesse período os alunos que integram o projeto estavam empenhados na produção das mudas em um viveiro, onde houve a preocupação desde o plantio das sementes e acompanhamento das mudas até o momento do plantio na área de reflorestamento. Aproximadamente 500 mudas de árvores de várias espécies durante a culminância do projeto de recuperação da mata ciliar do Rio Escorrega no Distrito de Luziápolis.O projeto foi idealizado e é coordenado pelo professor Antonino Lopes dos Santos e conta com a participação de 44 alunos do Ensino Fundamental matriculados na Escola Municipal Pedro Oliveira Santos, onde o projeto vem sendo desenvolvido. “Esse momento é a realização de um sonho, estávamos muitos ansiosos para esse dia, contribuir com o nosso planeta, e esse foi apenas o primeiro plantio de muitos que iremos realizar”, destacou o professor Antonino. “Iniciativas como essas devem ser cada vez mais desenvolvidas e merecem todo o nosso apoio, deve ser levada a sério por cada um de nós”, disse Claudio da Costa. Os secretários municipais Nicolas Pereira (Infrestrutura) e Leonardo Monteiro (Agricultura e Meio Ambiente), professores e alunos do projeto participaram do plantio.Na ação foram plantadas espécies de árvores como, Jatobá, Pindaíba, Jenipapo, Pau Brasil, Arapiraca, Pitanga, Pata de vaca, entre outras.O plantio de mais as árvores ajudam a Sustentar a vida na Terra, Conservar o solo e a água, Fornecer sombra, Absorver dióxido de carbono da atmosfera, Fornecer alimento e Fornecer uma fonte de madeira e de medicamentos. De acordo com o coordenador o projeto conta com o apoio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Secretaria Municipal de Educação e a Secretaria Municipal de Transportes.